Caio e Mercedes vão entregar 2600 ônibus para Caminho da Escola

2 02 2013

Caio e Mercedes vão entregar 2600 ônibus para o Caminho da Escola
Veículos são especiais para transportar adequadamente estudantes em áreas de difícil acesso. Programa ainda precisa avançar
ADAMO BAZANI – CBN
Sem nenhuma dúvida, o Programa Caminho da Escola, criado pelo Governo Federal em 2009 para qualificar o transporte escolar em área de difícil acesso, ajudou a indústria de ônibus no ano passado, que amargou uma crise nas vendas e produção.
E neste ano, mesmo com as boas perspectivas da indústria, o Caminho da Escola continua sendo importante para o nível de produção de veículos de transporte coletivo escolar.
As empresas vencedoras das mais recentes licitações comemoram os números de vendas para o programa.
A Caio Indusscar divulgou nesta terça-feira, dia 29 de janeiro, a venda de 2 mil 600 unidades de veículos para estudantes.
Os ônibus serão encarroçados sobre chassi Mercedes Benz, a maior parte OF 1519 e OF 1519 R, e serão entregues ao longo deste ano.
De acordo com a Caio, o modelo Foz Super foi testado por meses com o acompanhamento de técnicos do FNDE – Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação, do Ministério da Educação e Cultura.
Além de oferecer conforto, segurança e estabilidade, os ônibus devem ter robustez de acordo com as exigências do Ministério. São veículos projetados para áreas rurais, terrenos sem pavimento e de difícil acesso e até para passarem por pequenas corredeiras.
Os ônibus têm bloqueio de portas, tração mais adequada para condições severas, altura maior em relação ao solo, sinalizações especiais, ângulos de entrada e de saída maiores para inclinações de terreno, elevadores e espaços com fixadores para cadeira de rodas e poltronas com cintos de segurança, feitas de acordo com porte físico das crianças.
O Programa Caminho da Escola surgiu da necessidade de qualificar o transporte escolar em regiões com pouca estrutura de tráfego. Além de diminuir a evasão escolar, um dos objetivos é reduzir os acidentes que provocavam mortes de estudantes, educadores e professores.
Mesmo com os avanços do “Caminho da Escola” ainda milhares de crianças e jovens no Brasil não contam com transporte escolar, ou quando dispõe, são levados por caminhões, carros de passeio e ônibus velhos, sem segurança, dispensados dos serviços urbanos convencionais.
O Programa do Governo Federal ainda tem um longo caminho pela frente, mas está no rumo certo.

Fonte: Adamo Bazani

Imagem

Anúncios

Ações

Information

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: